24 de jul de 2009

A banda da semana

A banda Toto que serviu e ainda serve de insparação pra tanta gente ainda mexe com a cabeça da galera. Estarei colocando no blog toda semana uma banda em destaque e gostei muito de começar pela banda Toto.
Amigos que convivem comigo sempre comentam sobre o grupo e as vezes é interessante ver a cara surpresa de quem nunca chegou a ouvir o grupo. E confesso que comigo também foi assim... Foi impactante me deparar com tanta qualidade reunida.



Conheça mais do grupo e o por que do nome...

Criado em Los Angeles no ano de 1976 pelo baterista Jeff Porcaro, já falecido, e pelo tecladista David Paich, ambos músicos de estúdio e que haviam trabalhado com nomes do nível do duo Steely Dan e de Boz Scaggs, o Toto se transformou rapidamente em sucesso, graças à eficiente fusão de elementos do pop/rock com o som progressivo.

O nome da banda nasceu de modo bastante curioso. Quando estavam gravando suas primeiras demos em um pequeno estúdio de LA, Jeff Porcaro, que assistira recentemente o filme O Mágico de Oz, passou a escrever a palavra ‘toto’ nas caixas das fitas gravadas para que estas não se extraviassem. Toto era o cachorrinho de Dorothy, a personagem central do filme, vivida por Judy Garland. Ao ver o nome, o baixista David Hungate explicou aos demais integrantes – Porcaro, David Paich, Steve Lukather (guitarra) e Bobby Kimball (voz) que em latim, ‘toto’ significava ‘total, completo’. Estava escolhido o nome…

O primeiro disco, Toto, veio em 1978 e emplacou de cara os hits Hold The Line e Georgy Porgy. Mas o grande sucesso internacional veio com Toto IV, de 1982, que trouxe como destaques Africa e Rosanna. A partir daí, a banda passou por diversas mudanças na formação, mas sem perder a qualidade. Farenheit, álbum de 1986, deu ao Toto mais dois êxitos estrondosos: as baladas Lea e I’ll Be Over You, já com Steve Lukather assumindo também os vocais.

O Toto seguiu fazendo sucesso e gravando regularmente, até que em 5 de agosto de 1992 o baterista Jeff Porcaro morreu, vítima de ataque cardíaco por reação alérgica a um pesticida que colocara no jardim de sua casa, logo após as gravações do álbum Kingdom of Desire. Depois de uma breve parada, no entando, a banda voltou a trabalhar.

Hoje o grupo é formado por Bobby Kimball (que reassumiu os vocais), Steve Lukather (guitarras, vocais), Greg Phillinganes (teclados), Tony Spinner (teclados) e Simon Philips (bateria, percussão). O baixista Leland Sklar, que durante anos trabalhou com James Taylor, está acompanhando a banda na atual turnê em substituição a Mike Porcaro, que se recupera de um problema de saúde. Em 2006 o Toto lançou um novo disco de estúdio, Falling In Between, inédito no Brasil.
E como o tempo passa... Neste outro vídeo a mesma musica só que com a turma mais "experiente..." pra não dizer mais velha...


Nenhum comentário:

Postar um comentário